UMA NOVA TERRA SEM UTOPIA E PESSÍMISMO!


IRMÃOS E MUITA LUZ ,FORÇA E "CORAGEM"NA CAMINHADA POR NOSSAS PRÓPRIAS ALMAS!!!

NESTE BLOG VOCÊ VERÁ NÃO APENAS UFOS , MAS TEMAS COMO PROJEÇÃO ASTRAL, CRIANÇAS ÍNDIGO, ARTES, ARTES DOS MESRES, FILÔSOFIA E ESOTÊRISMO APLICADOS Á PRÁTICA E ASSUNTOS QUE CHAMAM A CONSCIÊNCIA REFLEXIVA. DESDE JÁ RECOMENDO A LEITURA DA OBRA DE SAMAEL AUN WEOR E RABOLÚ, AMBOS MESTRES GNÓSTICOS(EM ESPECIAL O LIVRO HERCÓLUBUS DO V.M RABOLU, UM APELO A HUMANIDADE PARA QUE DESPERTE E SAIA EM ASTRAL CONSCIENTEMENTE). Há um link ali em baixo para quem quizer se aprofundar na aventura de conhecer a sí mesmo e aos deuses(delfos)está escrito gnose . ABRAÇOS E A BATALHA!




LOVE IS ALL!!!

clique nos videos abaixo para excelentes entevistas e reportagens!!!

Loading...

TODO SUPER HOMEM , DÁ SUA PRÓPRIA VIDA PELA HUMANIDADE!

TODO SUPER HOMEM , DÁ SUA PRÓPRIA VIDA PELA HUMANIDADE!
TODO SUPER HOMEM , DÁ SUA PRÓPRIA VIDA PELA HUMANIDADE!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Dor'e universal,!!!


DE-UM-EXTRATERRESTRE-EM-MISSÃO-SOBRE-O-PLANETA-TERRA
 

DO CÉU À TERRA.

DE UM EXTRATERRESTRE EM MISSÃO

SOBRE O PLANETA TERRA.






DE UM EXTRATERRESTRE EM MISSÃO SOBRE O PLANETA TERRA

LEIO UM ARTIGO DE VOSSA IMPRENSA.
QUANDO TERMINO DE LER O ULTIMO PARAGRAFO DO ARTIGO DO SENHOR FEDERICO VERASE MEU ESPÍRITO, MEU ATUAL CORPO BIOLOGICO E OBVIAMENTE MINHA ALMA SOFRERAM UM COLAPSO ENERGETICO MUITO PERIGOSO PARA SUPORTÁ-LO EM VOSSA DIMENSÃO FORTEMENTE CONDICIONADA PELA FORÇA DE GRAVIDADE. A CAUSA ERA CLARA E INEQUIVOCA: RAIVA E SSENTIMENTO DE JUSTIÇA.
IMEDIATAMENTE, COM A PERMISSÃO DE MEUS SUPERIORES, PEGUEI UM DOS PEQUENOS MEIOS DE EXPLORAÇÃO (TRANSPORTADORES MAGNETICOS) QUE NA TERRA CHAMAM ERRONEAMENTE UFO E ME DIRIGI AO LUGAR: ESTADO DA BIRMANIA (MYANMAR). DISTÂNCIA: MAIS DE 10.000 km. TEMPO TERRESTRE DE VÔO: 12 MINUTOS.
VISITEI ESSES LUGARES E ESCUTEI A VOZ DOS PODEROSOS, DOS CRIMINOSOS. VI OS OLHOS DA GENTE QUE SOFRE. VI A ALMA PURA DOS POUCOS JUSTOS E DA SENHORA AUNG SAN SUU KYI QUE LUTA POR SEU POVO. ANALISEI AS DROGAS QUE PRODUZEM AS MÁFIAS. VISITEI AS CASAS ONDE SÃO VIOLADOS OS MENINOS E AS MENINAS, VIOLADOS POR HOMENS MONSTROS QUE PASSAM SUAS "FÉRIAS" COM ESTAS POBRES CRIANCINHAS. ME FOI NEGADO POR MEUS SUPERIORES, MESTRES CÓSMICOS, A PERMISSÃO DE ANIQUILAR COM OS RAIOS DA ANTIMATERIA A TODOS OS ASSASSINOS DA VIDA DESTE LUGAR INFERNAL E SE FOSSE POSSÍVEL A TODA A TERRA. TRANSMITI AO ESPÍRITO E AO CÉREBRO DA SENHORA AUNG SAN SUU KYI PENSAMENTOS CRISTICOS E PROJETOS POLITICOS QUE PODEM PROJETAR SEU POVO PARA A LIBERDADE. SEI QUE LOGO ESTA SENHORA SERÁ ASSASSINADA PELOS TIRANOS DA BIRMANIA, TRAÍDA POR SEUS PRESUMIVEIS ALIADOS AMERICANOS. SERÁ VENDIDA PELA CHINA QUE É O VERDADEIRO PATRÃO DA BIRMANIA, MAS ROGO AO CÉU PARA QUE ISTO NÃO POSSA OCORRER.
TORNEI A SUBIR NA MINHA PEQUENA NAVE, RETORNEI AO OCIDENTE, ONDE AGORA DESENVOLVO MINHA MISSÃO. ESTOU AMARGURADO, DESILUDIDO, CHEIO DE DOR, DE RAIVA, DE IINDIGNAÇÃO E DE TODOS OS SENTIMENTOS MAIS FEROZES QUE SE APROXIMAM DA SUPREMA JUSTIÇA DO CÓSMOS. A SOCIEDADE DO PLANETA TERRA É UM GRANDE ESGOTO DE VÍRUS-HOMENS DA PIOR ESPÉCIE.
TENHO TANTA NOSTALGIA (SAUDADE PROFUNDA) DE MEU MUNDO, MINHA PÁTRIA DE LUZ. O OCEANO DO AMOR E DA BELEZA, ONDE O LOBO PASTA COM O CORDEIRO, ONDE O AGUIA VOA MAJESTOSA NO ALTO DO CÉU CANTANDO OS LOUVORES AO DEUS ARAT-RA. ONDE OS HOMENS E AS MULHERES SE ADORAM E SÃO UMA SÓ COISA COM O SOL, A TERRA, O MAR. ONDE A ÁGUA E O AR OBEDECEM A SUAS EXIGÊNCIAS E ÀS DE SEU CRIADOR.
DESEJO FIRMEMENTE, DESEJO IR DESTE MUNDO MALDITO POR DEUS. DESTE INFERNO PIOR QUE MIL PESADELOS. DESTA CONTÍNUA MORTE E RESURREIÇÃO. NÃO QUERO ESCUTAR MAIS A LUXÚRIA HUMANA, BASEADA NO ORGASMO DO ÓDIO E DA VINGANÇA.
QUERO IR !!!
QUERO IR !!!
MAS, DE REPENTE, MUDANÇA DE DECISÃO!
UMA MÃO DIVINA DE MÃE ME RETÉM E UMA VOZ DE UM FILHO DE HOMEM ELEVADO DO CHÃO EM UMA CRUZ GRITA: PAI! PAI! POR QUE ME ABANDONASTE?
ENTÃO MEU ESPÍRITO E MEU CORPO SOFREM UM FREMITO TERRÍVEL E MINHA RAIVA SE TRANSFORMA EM UMA VOZ QUE GRITA COM FORÇA E CORAGEM AO FILHO DO HOMEM CRAVADO EM UMA CRUZ: INRI! INRI! FICO PORQUE SEU PAI LHE ABANDONOU, MAS EU, EU NÃO LHE QUERO ABANDONAR, VÓS É AMIGO E MESTRE. FICO AQUI EM AGONIA CONTIGO A ESPERAR O DIA E A HORA EM QUE VOSSO PAI RETORNE E LHE DÊ O PODER DE JULGAR AOS VIVOS E AOS MORTOS. FICO PORQUE VÓS É CRISTO: O FILHO DO DEUS VIVENTE. UM DEUS VIVENTE E PRESENTE, MAS QUE EU NÃO COMPREENDO E NÃO VEJO.
UM DEUS QUE ABANDONOU SEU FILHO, O SEU FILHO UNIGENITO NAS MÃOS DE SEUS VERDUGOS.
FICO, NÃO PORQUE ACREDITO NO DEUS ADONAY! FICO PORQUE ACREDITO EM SEU FILHO O CRISTO.
O AMOR PURO, O AMOR GRANDE, O AMOR IMENSO, O AMOR INCONDICIONAL.
FICO PORQUE O NAZARENO CUMPRE O SUPREMO E UNIVERSAL ATO DE JUSTIÇA POR TODOS SEUS IRMÃOS: A INMOLAÇÃO, LHES LIBERTANDO DA ESCRAVIDÃO HUMANA E MATERIAL.
NÃO! NÃO ACREDITO NO DEUS QUE ABANDONA A JESUS CRISTO!
ACREDITO NO MESSIAS, O CRISTO QUE CHAMA À ORDEM O DEUS TIRANO E FEROZ DO VELHO TESTAMENTO, O DEUS MOLOCH E O TRANSFORMA NO VERDADEIRO DEUS QUE É JUSTIÇA, PAZ E AMOR.
ACREDITO EM CRISTO QUE DIZ AO FELIPE: "QUEM VÊ A MIM VÊ O PAI" (João 14, 8-10).
EIS AQUI! JESUS, MEU AMIGO, MEU MESTRE. FICO POR TI E POR TODOS AQUELES QUE VÓS AMAS. NA ESPERA DO CUMPRIMENTO DE SUAS PROMESSAS DE LIBERDADE PARA OS JUSTOS.
FICO! SIM FICO! PORQUE TALVEZ Ou SEM o TALVEZ, GRAÇAS A CRISTO, TODOS NÓS TEREMOS PROVAS, TERRESTRES E EXTRATERRESTRES, DA EXISTÊNCIA DE DEUS.
PAZ!
UM EXTRATERRESTRE EM MISSÃO SOBRE O PLANETA TERRA.

G. B.

São Giovanni - Itália,
29 de novembro 2011.
Às 14:07 horas

A HIPOTECA DA HEROÍNA SOBRE O FUTURO DA NOVA BIRMANIA.

Em Muse, na fronteira chinesa, passam os grandes tráficos das máfias.
E dali sai a droga em direção ao Ocidente através de Hong Kong
Ruili é um nome quase completamente desconhecido na Europa. Entretanto merece ser mencionado em uma lista dos lugares chave da globalização criminosa como Gioia Tauro na Calabria, Veleshta na Macedônia (o centro do tráfico de seres humanos na Europa) e Cidade Del Este na tripla fronteira do Paraguai, Argentina e Brasil, onde o mercado negro é legal e não existe nenhum sistema de fiscalização.

Ruili (140.000 habitantes) encontra-se na fronteira chinesa entre a província de Yunnan e o nordeste da Byrmania, esse "triângulo de ouro" que até o dia de hoje é o segundo produtor de ópio do mundo depois do Afeganistão e onde funcionam centenas de refinarias de heroína e anfetaminas. Todos os relatório sobre uma tímida abertura à democracia na República de Myanmar (o nome oficial da Byrmania) parece ignorar a hipoteca que produtores e traficantes de droga têm e continuarão tendo sobre o futuro do país. "O que verá em Riuli não o verá em nenhum outro lugar da China", - nos diz a taxista, surpreendida por encontrar um italiano por estes lados. No caminho que nos leva até a cidade há quatro postos do exército. Não é de se surpreender que o governo tenha mobilizado o exército. Homens birmanos de negócios atravessam a fronteira para comprar os produtos que se vende nas dezenas de pequenas garagens convertidas em negócios ao longo da estrada que leva até a fronteira, enquanto os chineses compram jade bruto para trabalhá-lo nos laboratórios da zona, madeira, minerais e animais exóticos. Outros transportam heroína e anfetaminas birmanas através do check point que separa Ruili de Muse, a cidade birmanas gêmea, e dali a mercadoria segue pelo Sul do país, alcança Canton, o porto de Hong Kong e finalmente o ocidente. O mercado de seres humanos é um dos mais florescentes: nas centenas de bordéis se pode encontrar jovens birmanas à busca de uma vida melhor ou vendidas por suas próprias famílias, enquanto que bandos chinesas seqüestram garotas do outro lado da fronteira e as vendem como escravas na China. Este é o lugar da primeira epidemia de AIDS no Reino Médio, e continua tendo a taxa mais alta de todo o país de pessoas infectadas.

Também é uma zona estratégica para o futuro energético da China: aqui chegará um oleoduto de um valor de 02 bilhões de dólares, que transportará o petróleo do Oriente Médio do Golfo de Bengala através da Birmânia, evitando que o grosso passe pelo estreito de Malacca, infestado de piratas; e aqui chegará grande parte da energia hidrelétrica produzida pelas 65 represas que o regime comunista construiu na Birmânia nos últimos anos.

Atividades legais e ilegais estão relacionadas de forma inexplicável nesta parte do mundo. Os contratos para a extração de jade nas minas birmanês de Hpakant foram conseguidos por um traficante de droga, Wei Hsueh-kang, quem ao mesmo tempo é um respeitado homem de negócios na China, o comandante de um exército independentista na Birmânia e um fugitivo da justiça americana a qual oferece dois milhões de dólares por informações úteis para sua captura. Segundo Ko-lin Chin, um estudioso birmanes que desenvolveu um trabalho de campo nestas zonas, Wei Hsueh-kang é o traficante mais importante do triângulo do ouro, onde administra várias refinarias. Apesar de ser de origem chinesa conseguiu ganhar a confiança das tropas locais e, com os lucros da droga fundou em 1988 um grupo empresarial com vastos interesses - construção, agricultura, extração de jade, de minerais e de petróleo, eletrônica, telecomunicações - e escritórios de representação na China e em Mianmar.

Com a abertura da China à economia de mercado em 1989, a Birmânia se converteu na meta de executivos sem escrúpulos que se equilibraram ao país com a esperança de encher-se de ouro. Segundo uma estimativa, mais de um milhão de empresários chineses atravessaram a fronteira e se estabeleceram na Birmânia nos Anos 90'. Alguns retornaram a sua pátria com os bolsos cheios, mas a maioria não teve êxito e ficaram emperrados em um país subdesenvolvido, corrupto e inóspito. Mas tinham uma carta para jogar: graças a seus contatos na China, podiam importar a tecnologia necessária para refinar a heroína e para produzir as pastilhas de anfetaminas. Os laboratórios de refinação ocultos nas selvas birmanês de Kachin, a mesma zona em que se encontram as minas de jade, são hoje mais de cem. Os produtores vendem a droga aos traficantes que a transportam além da fronteira. As tropas autonomistas e as unidades do exército regular têm o papel de protetores locais, mas ao mesmo tempo investem nestes negócios. Muitos traficantes compraram casas e restaurantes em Ruili. Nos dizem que um boss da droga acaba de realizar um forte investimento para construir campos de golfe a alguns quilômetros do centro. Inclusive é o dono do hotel no qual estamos hospedados.

Os traficantes não são membros de grupos criminosos tradicionais mas sim homens de negócios insuspeitáveis para quem a droga constitui unicamente um aspecto de sua atividade. A imagem de um polvo mundial, de uma gigantesca multinacional do crime perfeitamente integrado, que transporta centenas de quilogramas de substâncias entorpecentes, não corresponde à realidade. Este comércio é conduzido por redes flexíveis que não dependem das máfias tradicionais, e a existência de contatos entre comunidades chinesas espalhadas em todo mundo torna mais fácil as atividades criminosas transnacionais. Todos os dias enquanto me dirijo à Universidade de Oxford em que dou aulas, passo diante da casa em que vivera durante os anos 70' Aung San Suu Kyi e suplico a Deus que o Prêmio Nobel possa voltar logo para guiar seu país. Entretanto o futuro de Mianmar também passa pelas ruas destruídas de Ruili, pelas extensões cultivadas de ópio do Triângulo do ouro, pelas tropas independentistas que não parecem estar dispostas a deixar as armas, e pelas centenas de refinarias clandestinas administradas por mercadores de morte chineses. Se em algum momento voltasse a ser uma democracia, poderia este país evitar o destino de guerra e violência como o de muitas partes da América Latina?

A líder democrata birmanês Aung San Suu Kyi será candidata a uma das 48 cadeiras do Parlamento do país nas eleições supletivas, previstas para antes de fim do ano. A notícia foi dada a conhecer pelo porta-voz, Nyan Win, membro do comitê executivo da Liga Nacional para a Democracia (NDL), o principal partido de oposição birmanês, ao comando do Prêmio Nobel da Paz, que impugnou as eleições do ano passado por causa de uma lei que impediu de participar Aung San Suu Kyi. O NDL se dissolveu, mas agora renasceu porque a situação mudou: a junta militar aceitou algumas das condições solicitadas, como a liberação de detentos políticos, a mudança das regras de direito a votar, com a revogação da proibição para a Suu Kyi e uma nova lei para a liberdade de manifestação nas praças. Assim a maioria do partido decidiu participar das eleições.

Esta será a primeira vez que Suu Kyi tentará obter uma cadeira no Parlamento. Sua Liga Nacional para a Democracia ganhou de maneira arrasadora as eleições de 1990, mas nesse então ela se encontrava sob detenção domiciliário. O regime militar birmanes ignorou os resultados das eleições e Suu Kyi leva 15 dos últimos 22 anos detida. Em 13 de Novembro de 2010 foi posta em liberdade. O mês que vem se reunirá com Hillary Clinton, durante a primeira visita de um secretário de estado americano à Birmânia em cinqüenta anos. O presidente Obama decidiu enviá-la depois de uma conversação Telefônica com a líder da oposição sobre os progressos no processo de reformas.

Federico Verase.

La Stampa.it - 27 de Novembro de 2011

NO ESTADO AUTONOMO DE SHAN

A tríplice vida de Wei Hsueh-kang Geral, camponês e rei das anfetaminas 
Xinhong [F. VAR. ] 
 
Wei Hsueh-kang, 59 anos e seus dois irmãos Wei Hsueh-long and Wei Hsueh-yin, originários de Yunnan, nos anos 80 se deslocam ao Estado de Shan, uma região autônoma do Norte da Birmânia, onde começam a trabalhar para o maior traficante de ópio da época, Khun Sa. Em 1995 os três irmãos entram em conflito com alguns ajudantes de Khun Sa, unem-se a uma tropa que opera em uma zona na fronteira com a Tailândia e em seguida ao exército independentista Wa, que controla a produção de heroína no Triângulo do Ouro. Quando a junta militar birmana lança uma campanha contra Khun Sa, aceita a ajuda do exército Wa, que manda tropas ao sul para lhe atacar e pelo contrário mantém o controle dos territórios conquistados. Depois da rendição de Khun Sa em janeiro de 1996, a 171ª Brigada do exército Wa, sob o comando do irmão de Wei Hsueh-kang, controla a zona da fronteira com a Tailândia. 
 
Uma data crucial é 2005, quando o exército Wa, sob pressão da China e Birmania, proíbe a produção de ópio. Por quanto a proibição não parece ter tido um grande efeito sobre a quantidade de hectares cultivados, Wei Hsueh-kang decide desenvolver cultivos alternativos na zona controlada por seu irmão laranja, trigo, feijões, café - e encaminha a construção de infra-estruturas. Mas ao mesmo tempo instala dezenas de refinarias para a produção de anfetaminas, que são vendidas no mercado tailandês. Wei Hsueh-kang é o fundador do grupo empresarial Company. 
 
LA STAMPA - 27 DE NOVEMBRO DE 2011

Fazer login  |  Atividade recente no site  |  Termos  |  Denunciar abuso  |  Imprimir página  |  Tecnologia Google Sites

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...