UMA NOVA TERRA SEM UTOPIA E PESSÍMISMO!


IRMÃOS E MUITA LUZ ,FORÇA E "CORAGEM"NA CAMINHADA POR NOSSAS PRÓPRIAS ALMAS!!!

NESTE BLOG VOCÊ VERÁ NÃO APENAS UFOS , MAS TEMAS COMO PROJEÇÃO ASTRAL, CRIANÇAS ÍNDIGO, ARTES, ARTES DOS MESRES, FILÔSOFIA E ESOTÊRISMO APLICADOS Á PRÁTICA E ASSUNTOS QUE CHAMAM A CONSCIÊNCIA REFLEXIVA. DESDE JÁ RECOMENDO A LEITURA DA OBRA DE SAMAEL AUN WEOR E RABOLÚ, AMBOS MESTRES GNÓSTICOS(EM ESPECIAL O LIVRO HERCÓLUBUS DO V.M RABOLU, UM APELO A HUMANIDADE PARA QUE DESPERTE E SAIA EM ASTRAL CONSCIENTEMENTE). Há um link ali em baixo para quem quizer se aprofundar na aventura de conhecer a sí mesmo e aos deuses(delfos)está escrito gnose . ABRAÇOS E A BATALHA!




LOVE IS ALL!!!

clique nos videos abaixo para excelentes entevistas e reportagens!!!

Loading...

TODO SUPER HOMEM , DÁ SUA PRÓPRIA VIDA PELA HUMANIDADE!

TODO SUPER HOMEM , DÁ SUA PRÓPRIA VIDA PELA HUMANIDADE!
TODO SUPER HOMEM , DÁ SUA PRÓPRIA VIDA PELA HUMANIDADE!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Giorgio bongiobanni e suas palavras

 


NÃO AMAIS A VIDA


DO CÉU À TERRA

NÃO AMAIS A VIDA

SÃO CRUÉIS E DEPRECIAM A VIDA! 
MUITAS E MUITAS VEZES LHES REPREENDEMOS DE MIL MODOS E DE MIL MANEIRAS SOBRE O DIABÓLICO EMPREGO DA ENERGIA NUCLEAR. AGORA QUE DESTRUIRAM E POLUIRAM UM DOS LUGARES MAS BELOS DO PLANETA TERRA (MAR DE CERDEÑA) CORREM PARA REMEDIÁ-LO, O QUE SERÁ INUTIL E PREJUDICIAL.
LHES RECORDAMO DE UMA VEZ E PARA SEMPRE QUE ESTAMOS EM CONDIÇÕES DE DESCONTAMINAR O PLANETA TERRA E DE PURIFICÁ-LO, DE CONVERTÊ-LO DE NOVO EM UM JARDIM DO EDEN. UM PARAISO. MAS ESTE NOVO MUNDO, UM OÁSIS DE BELEZA NO INFINITO MACROCOSMOS, SERÁ DOADO SOMENTE AOS BONS, AOS JUSTOS, AOS MENINOS, AOS VELHOS SÁBIOS E AOS AMANTES DA VIDA. SERÁ TIRADO AOS CRUÉIS, AOS FOMENTADORES DE GUERRAS, AOS MATERIALISTAS E AOS ASSASSINOS DA VIDA. O PRINCIPE DA JUSTIÇA E REI DO AMOR JESUS CRISTO ABRIRÁ A PORTA DA SEGUNDA MORTE, ALI HAVERÁ PRANTOS E RANGER DE DENTES!
PAZ! 
                                                                                                                  
DO CÉU À TERRA 
  
SÃO GIOVANNI DI POLCENIGO (PN) 
29 DE MAIO DE 2011.
ÀS 14:51 HORAS 
GIORGIO BONGIOVANNI 
ESTIGMATIZADO.


LA MAGDALENA
Saneamento atômico que aterroriza a população.
A Promotoria dispôs o seqüestro dos recursos marinhos.
Uma testemunha denuncia: me fizeram descarregar resíduos onde não devia.
(De Alessandro Ferrucci correspondente em Magdalena)

Mar cristalino, areias brancas, rincões ventosos, o sol resplandecente inclusive quando na Península muitas pessoas tiram o guarda-chuva. Seria um paraíso. Para muitos já não é. "Aqui na Magdalena há um risco sério, o de ter causado um genocídio", - explica ao jornal “IL Fatto Quotidiano” Claudia Zuncheddu, conselheira regional de Cerdeña do grupo independentistas.
Disse e acredita não exagerar: ela, uma médica e ocupada em política, há anos denuncia os muitos vexames perpetrados sobre a ilha e seus habitantes. Começando pela zona onde surge o Polígono de Quirra: aqui o 65% dos pastores está doente de leucemia, aqui nasceram os leitões sem olhos nem orelhas, os cordeiros com duas cabeças. Continuando com a área perto de Cagliari, protagonista a refinaria Saras: "Ali todas as famílias são afetadas por casos de câncer, todas têm a um ou mais mortos por quem chorar - segue dizendo Zuncheddu. E seguimos, cada rincão de Cerdeña tem sua causa de contaminação grave". Até o Norte - oeste, até em 26 janeiro de 2008, quando depois de 35 anos é arriada a bandeira de estrelas e fitas de seda na Magdalena: os americanos abandonam a base atômica. Atenção: a-tó-mi-ca. Quer dizer milhares de toneladas de resíduos especiais a remover, portanto requer dinheiro, mão de obra especializada, lugares de armazenagem e tempo. Sobre tudo tempo. Lástima que não o há: o lugar foi escolhido para acolher a cúpula do G8 de 2009, exibição chave para o relançamento internacional do governo italiano. Silvio Berlusconi se deslancha, faz proclamas, fala de relançamento da zona, de postos de trabalho, turismo e todo o usual repertório. 

62 mil toneladas: Bertolaso se encarrega disso.

O primeiro ministro chama o Guido Bertolaso e à Proteção civil: há necessidade deles para alcançar o objetivo na data preestabelecida. Há necessidade de poderes de decisão poucos vínculos, segredo de Estado. No lugar declaram: removidas 62 mil toneladas de resíduos, os 21% dos quais definidos perigosos. Traduzido: 49 mil não perigosos e 13 mil especiais. Tempo de realização: 45 dias entre tudo, entre julho e agosto, momento de máxima invasão turística da zona, graças ao emprego de mais de dois mil caminhões e três navios. Cifra investida: 23 milhões de euro. "Lástima que há algo que não se enquadra - intervém Zuncheddu -.
O que? Os resíduos especiais tinham que ter sido enviados a Itália peninsular, mas ninguém viu zarpar nenhum navio, não existem planos de navegação. Muitas pessoas se deram conta do tráfego marítimo noturno do arquipélago ao Porto Torre, sede de dois esgotos, e desde a Olbia com os caminhões pela rodovia, porem é tudo. Tudo se parou ali. O problema é onde, em que lugar descarregaram o material e como o verteram. Falamos de resíduos extremamente perigosos, repito: a sede era atômica". portanto amianto, hidrocarbonetos e metais pesados. Entretanto o fato está envolto em mistério, os interpelados institucionais não respondem aos interrogatórios, obrigações ou demais. "Faz um ano que procuro respostas, nunca obtive nada - continua dizendo a conselheira regional -. E como eu outras pessoas que se interessaram no que aconteceu, gente que 'cheirou' o ar, que quis e quer entender o que ocorre".
Alguém a definiria a "sociedade civil". E da mesma forma uma médica de Alghero, Paola Correddu, um ex-intendente de Porto Torre, Giancarlo Pinna, fora da política há quase trinta anos; o diretor de um pequeno sindicato independentista, Angel Erra, um advogado de Sásari, Luigi Azena e outro de Cagliari, Renato Margelli. Juntos acompanham legalmente o fato. Juntos se meteram no meio, decidiram não ficam olhando pela janela. "Pensa - intervém Correddu -, que também tentamos uma blitz com a Claudia (Zuncheddu): fomos ao esgoto de Canaglia, onde tememos que descarregaram grande parte das toneladas. O que aconteceu? Alguém tem que ter feito um chivatazo, porque vieram até nós as forças da ordem e nos impediram de entrar.
Mas em um certo momento um dos administradores, como resultado de nossas perguntas, se contradisse e quase admitiu a presença dos resíduos. E pensar que debaixo há um lençol freático fundamental para a ilha". Debaixo há uma reserva de um bilhão de metros cúbicos de água, classificada pelo Estado italiano como um ponto estratégico em caso de calamidade. "Mas a estes não interessa nada - confirma Erras -, puseram sobre a fome das pessoas, sobre a parada para realizar um desastre. Nós sabemos, temos as provas disso". Quer dizer um "arrependido": com a certeza do anonimato os representantes do "Sindacadu se seja Natzione Sarda" entrevistaram a um dos oitenta motoristas envolvidos na remoção e no transporte. Na filmagem admite: "O que carregamos levamos até aos esgotos de Canaglia e ao Scala R. Todo tipo de material. Por quem fui orientado? Pela Serfat de Enrico Piras". Este último é o presidente do conselho provincial de Sásari, homem com perita experiência política.

70 mil metros cúbicos dragados em 14 meses

"As Instituições não responderam nunca a nossas perguntas, formais e informais - sorri a Zuncheddu, - só a do Sásari-Olbia nos provemos dos dados". E foi necessário uma instância de acesso ambiental, que por lei prevê uma resposta dentro de trinta dias. "Deles nos chegaram cifras - confirma a Correddu - que nos alarmam ainda mais: falam de 40 mil toneladas no total, e os 20% destas é classificado como perigoso. Em poucas palavras, cifras diferentes em relação às da Proteção Civil. Por que? Quem diz a verdade? E não termina aqui: também há a questão do saneamento dos recursos marinhos". Neste caso falamos de uma área marinha de 17 hectares com um balanço de 70 mil metros cúbicos de sedimentos dragados entre outubro de 2008 e maio de 2009. Também neste caso dúvidas, denúncias, sinalizações, investigações, causa a partir das de Fabrizio Gatti para a revista El Espresso. 
Até ontem, quando a Promotoria da República de Templo Pausania dispôs o seqüestro comprobatório dos recursos frente ao Ex-arsenal da Marinha Militar de La Magdalena, uma decisão tomada depois do relatório dos submarinistas do núcleo dos Carabineiros, sob encargo da “Côrte dei Conti” de Roma, que indaga sobre os 31 milhões de euros gastos para os saneamentos. Só em teoria, pelo que parece. "O problema é uno: o caso é tão grande que temo que dificilmente teremos um culpado - admite lacônico Giancarlo Pinna -. Este território é martirizado, por tumores e desemprego. Acredita que em Porto Torre, de vinte mil habitantes, cinco mil estão sem emprego. Entretanto teríamos tudo a disposição para estar bem: sol, vento, mar, recursos, cultura e possibilidade de desenvolver o turismo". Pelo contrário é uma das zonas mais poluídas e atormentadas da Europa.  

IL FATTO QUOTIDIANO - 28 DE MAIO DE 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...